Ir para o conteúdo

Ir para o conteúdo

São Lourenço do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Youtube
Facebook
Twitter
Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
16
16 MAR 2017
EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO
Projeto-piloto de ensino a distância para a residência multidisciplinar da Escola Pública de Saúde será implantado no município

Nesta quarta-feira (15) a Secretaria Estadual de Saúde, representada pela Sra. Terezinha Valduga, diretora da Escola de Saúde Pública (ESP) e o Sr. Cristian Guimarães, diretor do Departamento de Gestão de Tecnologia de Informação (DGTI) estiveram reunidos com a Secretária Municipal de Saúde de São Lourenço do Sul, Arita Bergmann, com Coordenador de Saúde Mental, Dr. Flávio Resmini, e o Coordenador do Departamento de Tecnologia da Informação (DTIF), Luciano Moraes da Silva, para tratar de uma inovadora pauta proposta pelo Município de São Lourenço do Sul, a implantação de um projeto piloto de ensino à distância para as residências multidisciplinares, em parceria com o Governo do Estado, através da ESP, visando colocar as inovações da tecnologia de informação a serviço da área de formação profissional.

         Essa nova forma de desenvolver as aulas de saúde coletiva, alteraria o modelo até então vigente de aulas presenciais, considerando o tempo de viagem e custo dos residentes, e descartando a ida dos mesmos a Porto Alegre, onde precisam cumprir cadeiras obrigatórias. A residência multiprofissional com ênfase em saúde mental já é um curso estruturado em São Lourenço do Sul através da Escola de Saúde Publica, portanto, o que se propõe é uma nova tecnologia para repassar os conteúdos das aulas através da videoconferência, que possibilitaria os estudantes de assistir as aulas teóricas e ainda interagir.

        O diretor do DGTI, Cristian Guimarães, explanou que durante muito tempo o Estado não investiu em tecnologia da informação, e através da gestão do secretário João Gabbardo dos Reis, houve esse investimento nos últimos dois anos, onde teve a instalação da fibra óptica na escola e foi realizado o contrato com a plataforma MOO, desenvolvida pela PROCERGS, o que possibilita a efetivação deste projeto, sendo assim possível tanto pela questão de infraestrutura e também pela gestão do Governo do Estado.

         A diretora Terezinha Valduga demonstrou interesse na possibilidade do município de São Lourenço do Sul, que é referência nacional em saúde mental, poder ser o plano piloto deste projeto de cursos em EAD, e que os próximos passos contam com a entrega do projeto formal por parte do município, a elaboração do conteúdo pedagógico no formato EAD e após o lançamento do plano piloto.

         Outra questão debatida foi a possibilidade do município poder dar aulas de São Lourenço do Sul diretamente para outros lugares do Estado, através deste mesmo sistema, já que a cidade é destaque na área de saúde mental e possui a residência médica psiquiátrica.  

         A secretária Arita Bergmann parabenizou o secretário João Gabbardo pelos investimentos e a diretora Terezinha Valduga pela sensibilidade nesta questão que envolve a residência multidisciplinar no nosso município. A secretária ainda sugeriu que em um primeiro momento estas aulas sejam feitas de forma simultânea e deixou marcado com os diretores uma videoconferência, que servirá como uma aula experimental do projeto, no dia 27 de março, onde vai contar com a participação dos residentes participantes do curso. E posteriormente, será lançado então o projeto formal, tornando viável para os estudantes assistirem as suas aulas teóricas, sem sair do município. 

img_rodape_local
Rua Coronel Alfredo Born, nº 202 - Centro - CEP: 96170-000
img_rodape_atend
Segunda a Sexta-feira das 08:00h às 14:00h
logo_rodape
Informativos da Prefeitura Cadastre-se para receber as novidades da Prefeitura
Acompanhe
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia