Ir para o conteúdo

São Lourenço do Sul - RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
São Lourenço do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
27
27 DEZ 2023
SAÚDE
Comunicado de Risco de Dengue
enviar para um amigo
receba notícias

Comunicado de Risco de Dengue

A taxa de incidência de casos notificados exceto descartados de dengue no Estado no período de avaliação está acima do Limite Superior Endêmico. O RS, até o momento confirmou 54 óbitos de dengue em 2023, sendo que 22 destes apresentaram dengue grave.

A quantidade de mosquitos tende a aumentar! Pelas chuvas constantes associadas a temperaturas amenas e o aparecimento de criadouros devido ao acúmulo de entulhos pelas cheias!

 

A população deve:

-  tomar água para se manter hidratada; 

- revisar interna e externamente as áreas da residência, ao menos uma vez por semana, colocando fora objetos que acumulem água; 

- procurar um serviço de saúde diante das manifestações dos primeiros sintomas compatíveis com dengue e na ocorrência de sinais de alarme;  -  -usar repelente para sua maior proteção. 


Salienta-se que idosos e crianças estão mais sujeitos à hospitalização e ao desenvolvimento de formas graves da doença;

 

Sintomas

  Os sintomas de alarme da dengue são sinais de que a doença está se agravando e requer atenção médica imediata: dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes ou recorrentes, sangramento de mucosas, como nariz, gengivas ou sangramento menstrual intenso, tonturas ou sensação de desmaio, sonolência excessiva ou irritabilidade, diminuição da produção de urina, pele pálida, fria e úmida, dificuldade respiratória, dor no peito ou dificuldade para respirar.

 

Qualquer dúvida ou informação procure a Vigilância epidemiológica

Rua Gal Osório 1671

Fone 32519602 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia