Ir para o conteúdo

São Lourenço do Sul - RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
São Lourenço do Sul - RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
21
21 DEZ 2022
DESENVOLVIMENTO RURAL
DESENVOLVIMENTO SOCIAL E HABITAÇÃO
SAÚDE
São Lourenço do Sul recebe o prêmio AZONASUL PROJETO INOVADOR de 2022 com o  Projeto Trotando em Frente
enviar para um amigo
receba notícias
Nesta Terça-feira (20) aconteceu o evento de encerramento das atividades do ano da AZONASUL no auditório do SICREDI em Pelotas. Tradicionalmente neste evento, ocorre a entrega de troféu para as práticas destacadas pelas prefeituras como INOVADORAS, bem como, ao funcionário responsável pela implementação da referida prática.
É com muita alegria que o município de São Lourenço do Sul recebe o prêmio AZONASUL PROJETO INOVADOR de 2022 com o  projeto Trotando em frente, realizado através de uma parceria do Sindicato Rural de São Lourenço do Sul, junto a Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.
Receberam o prêmio o Prefeito Rudinei Harter, a fisioterapeuta Kelin Spiering, o Diretor do Sindicato Rural Luiz Roberto Saalfeld, a Secretária de Saúde Adriane Huber, a Terapeuta ocupacional Samantha Grigoletti.
Saiba mais:
O Centro de Equoterapia Trotando em Frente foi inaugurado no dia 18/03/2022, no Parque de Exposições do Sindicato Rural. Este serviço é oferecido à comunidade através de uma parceria do Sindicato Rural de São Lourenço do Sul, junto a Prefeitura Municipal através da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

Esta iniciativa surgiu através de um projeto acadêmico do curso de Residência Médica em Psiquiatria, oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde de São Lourenço do Sul, projeto este de Terapia Assistida por Animais (TAA) utilizando o cavalo, que foi criado e desenvolvido pela Médica Residente Mariana Cristovão Garcia. Durante a condução deste projeto acadêmico, viu-se a necessidade em dar continuidade a esta terapia oferecida a alguns usuários com TEA (Transtorno do Espectro Autista) do Caps i Saci, e da importância em ampliar o atendimento a outras crianças com TEA e outros transtornos físicos e mentais. Necessidade esta vista pelos usuários e seus familiares, membros da equipe envolvida, da Prefeitura Municipal e também do Sindicato Rural.
Para execução deste projeto foi necessário empregar recursos do poder público e privado. Contamos com a importante contribuição do SICREDI, onde emprestou sua ampla e confortável sede com banheiro no Sindicato Rural para os familiares que aguardam seus filhos durante os atendimentos. O Sindicato Rural viabiliza o espaço para os atendimentos (ambiente externo, picadeiro, galpão coberto, sala individualizada para avaliação e depósito para materiais), um profissional guia e tratador para o cavalo, cavalos adequados para a prática de Equoterapia previamente avaliados e parte dos custeios da capacitação em equoterapia dos profissionais. Em contrapartida, a Prefeitura Municipal viabiliza parte dos custos da capacitação em equoterapia dos profissionais e os profissionais para a realização da terapia, tais como: uma profissional Terapeuta Ocupacional do quadro de funcionários, e a contratação de duas profissionais, uma Fisioterapeuta e uma Psicóloga, além do suporte da equipe multiprofissional e residentes do Caps- i Saci e da equipe psicopedagógica do CUIDE e TEACOLHE. O Centro de Equoterapia atualmente conta também com doações de empresas privadas, tais como a SUPRA e Agropecuária Querência, que realizam a doação de toda ração necessária para os cavalos mensalmente. Além de doações de forma espontânea, que nos proporcionam a aquisição do material ideal e de maior qualidade, para que possamos exercer de forma ainda mais segura a prática de equoterapia.
A partir desta parceria, o Centro de Equoterapia Trotando em Frente oferece a comunidade gratuitamente atendimentos aos usuários atendidos no caps-i Saci com diagnóstico de TEA (Transtorno de Espectro Autista), dentro da faixa etária de 03 á 24 anos, avaliados e encaminhados previamente pela equipe técnica do caps; e alunos do CUIDE (Centro Unificado e Integrado de Desenvolvimento Educacional) com transtornos, síndromes, deficiência e/ou com necessidades especiais variadas, previamente avaliadas e encaminhadas pela equipe do CUIDE e TEACOLHE.
Atualmente o Trotando em Frente conta com dois programas em Equoterapia. Tais como: a Hipoterapia, onde o principal objetivo é promover o desenvolvimento do estado psicológico, físico e social do indivíduo; e o Pré-Esportivo: onde o praticante tem boas condições para atuar e conduzir o cavalo sozinho, realizar pequenos exercícios de hipismo, pré-programados pela equipe, iniciando a prática de hipismo como esporte. Neste segundo programa, dois praticantes estão sendo preparados para participar das provas do "Inclusao de Ouro”, competição desenvolvida pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Crioulo (ABCCC), que incentiva a participação de pessoas com deficiência em provas do Cavalo Crioulo, onde teve sua primeira final no ciclo 2019. Atualmente, a prova é oficializada e busca gerar uma competição saudável aos seus participantes.
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia