Ir para conteúdo principal

Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Youtube
Facebook
Twitter
Instagram
Notícias
Principal   Notícias
 

15/05/2018 às 10:30:00
XIII Mental Tchê foi um sucesso

Nos dias 10 e 11 de maio o Galpão Crioulo do Camping Municipal esteve lotado de pessoas de todo o Estado para participar do Mental Tchê, que neste ano com a chamada “sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”,celebrou os 30 anos de atenção à Saúde Mental o Município, com diversos painéis de diálogo e projeções a respeito do trabalho da RAPS na cidade. Cerca de 1.500 pessoas passaram pelo evento.

            No primeiro dia de evento a primeira mesa “30 anos da Rede de Saúde Mental” propôs um debate sobre a conjuntura dos últimos 30 anos da Reforma Psiquiátrica, relacionando aos 30 anos do CAPS NOSSA CASA e São Lourenço do Sul, o primeiro serviço no Rio Grande do Sul. Participaram: Marcos Rolim, Cristine Wetzel, Edilon Vargas e Ivon Lopes.

            Com o tema do evento “ Sirvam nossas façanhas de Modelo a toda terra” a segunda mesa teve coordenação do Presidente do COSEMS/RS, Diego Espíndola, e contou com a participação de ex-secretários de saúde, Arilson Cardoso (2005-2016), Flávio Resmini (1997-1998), Mario Luiz Gehling Corrêa (2001-2004) e Arita Bergmann (1983-1991- e 2017 até o momento), onde pretende debater os desafios da gestão municipalista e como manter avanços ao longo dos anos e governo.

            Após o intervalo a programação retomou com as apresentações culturais, e posteriormente com a abertura oficial. Durante a cerimônia a Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Silvana Freitas, explanou que o mais importante é fazer aquilo que gosta de fazer e não perder a esperança e a essência, olhar para a pessoa como o nosso semelhante e tratar como gostaria de ser tratado. O Presidente do COSEMS/RS e Secretário de Saúde de Piratini, Diego Espíndola, parabenizou o Executivo pela sensibilidade de seguir com o evento, e destacou que São Lourenço do Sul é inovador neste quesito e um exemplo para todos.

            O Prefeito Rudinei Härter ressaltou a importância do evento, onde ocorre uma troca de experiências entre os municípios, somando no que é realizado aqui durante o ano e anunciou a pretensão de criar uma Escola Municipal de Saúde pública, possibilitando consolidar também o trabalho de formação de recursos humanos para o Sistema Único de Saúde.

            Antes de terminar a cerimonia de abertura oficial uma inesperada surpresa para Secretária de Saúde Arita Bergmann e o psiquiatra Flávio Resmini, uma homenagem pela trabalho em prol da Saúde Mental do nosso Município, que iniciou em 1983 com a criação da Secretaria de Saúde e estruturação dos serviços no Município, pela então Secretária Arita, que enquanto planejava os serviços de saúde mental,  chegava no Município o médico psiquiatra Flávio Resmini, unindo suas forças ao plano.

            Se hoje o Brasil tem uma lei antimanicomial e um atendimento humanizado, 30 anos atrás a realidade era muito diferente. Mas já naquela época, São Lourenço do Sul iniciava um trabalho pioneiro e visionário para devolver a cidadania às pessoas com transtornos mentais, criando a Nossa Casa em 1988, que abriu caminho para uma ampla rede, modelo para qualquer município, superando as dificuldades financeiras e o preconceito da sociedade. Ainda há 30 anos atrás o Plano Municipal de Saúde e a Lei orgânica previam muito do que recentemente se tornou lei nacional. São Lourenço do Sul foi o primeiro Município a ter leitos de psiquiátricos em Hospital geral.

            Ao receber a placa de homenagem e flores, Arita destacou diante de uma usuária do CAPS que fez parte da trajetória da saúde mental e estava presente na mesa, que esta conquista é de todos eles, e que fazem parte desta história.

            A última mesa do dia, teve como tema “Conjuntura das Residências em Saúde: Formação na Rede de Atenção Psicossocial” que debateu sobre a conjuntura das Residências em Saúde, em especial a de psiquiatria e multiprofissional e contou com a participação de: Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul – Maria Antonia Heck, Carla Loss - Gestão - Referência para a Residência Multiprofissional Município de Canoas, Maria Fernanda Penkala Dias – Coordenadora da Residência de Psiquiatria de São Lourenço do Sul e representantes dos residentes, Fabio Cabral e Nayhany Santos Araújo.

            O evento de quinta feira, foi servido o caldo lourenciano, promovido pelo grupos dos escoteiros..

            No segundo dia, a mesa “Projeção da Atenção Psicossocial: Os Rumos da Saúde Mental” deu inicio aos trabalhos,e contou com a participação de Luis Carlos Coronel - Representante da SES/RS e Flávio Resmini - Supervisor de Saúde Mental da SMS.

            Após as apresentações culturais, a última mesa abordou a Saúde Mental na Infância e Adolescência, e as perspectivas para o cuidado integral. Participaram: Luis Carlos Coronel - Representante da SES/RS , Flávio Resmini, Josiane Rojas - Familiar de usuário CAPS Saci, Laudenir Radmann - Usuário CAPS Saci, Gisele Scobernatti - Psicóloga Coordenadora do NACA-Núcleo de Atenção a Criança de Pelotas, Carina Carminati Manera - Psicóloga do CAPS infantil aquarela de Caxias do Sul e Drª Inglacir Dornelles Delavedova - Promotora de justiça da infância e da juventude de Porto Alegre.

            A realização do evento foi da Prefeitura Municipal de São Lourenço do Sul com o apoio do COSEMS/RS e da Secretaria Estadual da Saúde.

 

 

 
 
 
 
Enfeite Rodape
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
Cadastre-se e receba informações
Newsletter
Endereço Localização:
Rua Coronel Alfredo Born, nº 202 - Centro - São Lourenço do Sul - RS
CEP: 96170-000
Horário Atendimento Horário de Funcionamento:
Segunda a Sexta-feira das 08:00h às 14:00h
Telefone Telefone para contato:
(53) 3251-9500
Acompanhe-nos:
Youtube
Facebook
Twitter
Instagram
© Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados. Instar Internet Logo Instar
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.